Em visita ao município de Nova Andradina, o CEO da Universidade Central do Paraguai (UCP) e pré-candidato a deputado federal Carlos Bernardo, concedeu na tarde desta sexta-feira, dia 15 de julho, entrevista na Rádio Excelsior FM ao radialista Leonardo Junior.
Durante a entrevista, os incentivos para promover industrialização, fomentar projetos para gerar emprego e renda, além de uma total modernização no setor educacional foram alguns dos assuntos discutidos com o apresentador. “Há 60 dias eu nem era pré-candidato, não sei porque Deus que concedeu essa missão, mas pretendo honrar e fazer e diferença caso eu consiga chegar à Câmara Federal”, destacou o pré-candidato.
Carlos Bernardo afirmou que vem percorrendo todos os municípios e distrito do Estado de Mato Grosso do Sul, que irão auxiliar na construção do projeto para a Câmara Federal. De acordo com o pré-candidato, é preciso que sejam eleitos representantes que não passem três anos fora de suas bases, mas com compromisso de trabalho por Mato Grosso do Sul. “Precisamos de comprometimento com a nossa população, projetos e trabalho voltados principalmente aos setores de emprego, saúde e educação”, defendeu.
Sobre a educação, Carlos Bernardo que possui experiência de mais de uma década no setor de ensino superior, afirmou que hoje Mato Grosso do Sul necessita de uma total reformulação e modernização, e que o representante na Câmara Federal deve buscar soluções para sanar os problemas e sucateamento que vivem a educação. O Revalida, outro assunto polêmico, Carlos informou não ser contrário, mas defendeu que o exame seja realizado de forma mais justa, além de que seja estendido também aos estudantes brasileiros de Medicina. “O fortalecimento da educação em Mato Grosso do Sul é fundamental para o nosso desenvolvimento. Meu compromisso é o de trabalhar para deixar nosso nome na história do País”, finalizou.

Fonte: infonews